Cockcroft

JOHN DOUGLAS COCKCROFT nasceu no dia 27 de maio de 1897, na cidade de Todmorden, Condado de York Oeste, Inglaterra. Morreu no dia 18 de setembro de 1967, na cidade de Cambridge. Pelos trabalhos pioneiros sobre transmutação de núcleos atômicos através de partículas aceleradas artificialmente, recebeu o Prêmio Nobel de Física em 1951. Graduou-se na Universidade de Manchester. Em 1928, iniciou pesquisas com aceleradores de prótons através de altas tensões, juntamente com o físico irlandês Ernest Walton. Em 1932, os dois conseguiram transmutar átomos de lítio e boro com a utilização de prótons de alta energia. Em 1933, produziram radioatividade artificial por prótons e executaram muitas transmutações produzidas por prótons e dêuterons.

Em setembro de 1939 assumiu o cargo de diretor-assistente de pesquisa científica do Ministério de Provisão do Reino Unido. Iniciou, em seguida, pesquisas para desenvolver um modelo eficiente de radar para vigiar a movimentação aérea no litoral inglês. Durante a Segunda Guerra Mundial, afastou-se das pesquisas científicas para servir na artilharia de campo do exército. Terminado o conflito, mudou-se para o Canadá, onde assumiu projetos de energia nuclear e se tornou diretor do Laboratório Rio Chalk, na cidade de Montreal. Retornou à Inglaterra em 1946 para assumir o Instituto de Pesquisa de Energia Atômica. Entre 1954-1959 fixou-se como membro de pesquisa científica da Autoridade Atômica Britânica e chanceler da Universidade Nacional da Austrália. Recebeu doutorados honorários em dezenove universidades mundiais.

20200527a


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados