Imprimir
Categoria: Matemáticos
Acessos: 3192

pierre-laplace in1Laplace

PIERRE SIMON LAPLACE, matemático, nasceu no dia 23 de março de 1749, na localidade de Beaumont-en-Auge, Normandia, França. Morreu no dia 05 de março de 1827, na cidade de Paris.

Diante dos precários recursos da família (camponesa), seus estudos na Escola Militar da cidade natal foram financiados por vizinhos. Assim, conseguiu chegar a professor de matemática. Sentindo as limitações da província, decidiu se transferir para Paris, onde poderia se aperfeiçoar como aluno de Jean D´Alembert, o mais famoso matemático da época. Antes disso, escreveu diversas cartas ao mestre, sem obter respostas.

Quando, porém, lhe enviou alguns trabalhos sobre mecânica, o professor não teve dúvidas ao apoiá-lo para o cargo de professor da Academia Militar de ParisEm 1784, tomaria parte na organização das escolas Politécnica e Normal, além de ingressar na Academia de Ciências. Daí por diante ocuparia vários cargos políticos de destaque, entre os quais os de ministro do Interior e membro da Comissão de Pesos e Medidas e Bureau de Longitudes. O conturbado período da Revolução Francesa, do Império Napoleônico e da Restauração dos Bourbons significou para ele anos de prosperidade.

Nos campos da física e da astronomia, deu sequência ao trabalho desenvolvido por Isaac Newton. A tentativa de explicar a origem do universo é considerada uma de suas contribuições mais valiosas para a ciência. Os cinco volumes de sua Exposição do Sistema do Mundo (1796) divulgam, sistematizam e desenvolvem as teorias de Newton e dos cientistas da época. Tratam dos movimentos aparentes e reais dos corpos celestes, das leis e do movimento, da teoria da gravitação universal e também da história da astronomia. Já em 1773, provara que os movimentos e as distâncias médias dos planetas eram invariáveis ou sujeitos apenas a pequenas variações periódicas. Sempre em contato com os cientistas da época, correspondeu-se durante trinta anos com Joseph-Louis Lagrange, que, em 1766, numa das cartas, formulou a lei da variação dos movimentos orbitais.

pierre-laplace in2Isso lhe possibilitou provar que até mesmo as ínfimas perturbações que os planetas exercem entre si seguem as leis gerais da gravitação. Pode-se afirmar que sua mecânica racional, mais que a geometria, impulsionou as teorias das equações diferenciais. Assim, provou por dois teoremas a possibilidade de se medirem a distância e a excentricidade das órbitas planetárias. Entre outros trabalhos importantes, destaca-se a primeira demonstração completa do teorema de D´Alembert sobre a forma das raízes das equações algébricas.

Elaborou também uma teoria que possibilitou a lei matemática sobre a rarefação da atmosfera com a altura, meio prático de responder às sucessivas indagações sobre a física da atmosfera. Suas pesquisas sobre a teoria dos erros, desenvolvidas em Teoria Analítica das Probabilidades (1812), são consideradas as mais importantes contribuições para o cálculo das probabilidades. No campo específico da física, determinou a lei da indução magnética. Com Antoine Lavoisier (como ele, discípulo de Joseph Black), construiu um calorímetro e determinou, em 1783, o calor específico de grande número de corpos, usando-o também no estudo do calor animal. Poucos minutos antes da sua morte, sintetizou toda a grandeza do seu espírito científico: “O que conhecemos é ínfimo; o que ignoramos é vasto”.