Imprimir
Categoria: Matemáticos
Acessos: 239

Pierre Fermat

PIERRE DE FERMAT nasceu no dia 17 de agosto de 1601, na cidade de Beaumont-de-Lomagne, Região da Occitânia, França. Morreu no dia 12 de janeiro de 1665, na cidade de Castres. Filho de um rico mercador de peles, teve uma educação privilegiada. Primeiramente, estudou num mosteiro franciscano e, depois, na Universidade de Tolouse. Ingressou no serviço público em 1631. Em 1652, assumiu o cargo de juiz supremo na Corte Criminal Soberana do Parlamento de Tolouse. De espírito científico, estudava matemática como mero passatempo. Assim, não publicava oficialmente as descobertas. Apenas as comunicava por carta aos amigos. Com o René Descartes, foi um dos primeiros a aplicar a álgebra à geometria.

Criou, ao mesmo tempo que o Blaise Pascal, o cálculo das probabilidades. Em 1629, criou a Geometria Analítica. Descreveu as ideias num trabalho intitulado “Introdução aos Lugares Geométricos Planos e Sólidos”. Neste trabalho, introduziu a ideia de eixos perpendiculares e descobriu as equações gerais da reta, circunferência e equações mais simples para parábolas, elipses e hipérboles. Também demonstrou que toda equação de primeiro e segundo graus pode ser reduzida a um desses tipos. De acordo com a crítica científica, as contribuições do Fermat para o cálculo geométrico e infinitesimal foram inestimáveis. Contudo, o que mais interessava a ele era um ramo da matemática chamado Teoria dos Números. É nesta teoria que se engloba o famoso teorema conhecido como  o “Último Teorema de Fermat”.

pierre fermat1