1995 os ultimos passos1Oscar

04/06/2021 — A melhor atriz de 1995 foi a Susan Sarandon. Ela ganhou o Oscar e o prêmio do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos pelo desempenho no filme “Os Últimos Passos de Um Homem”. Na trama, ela interpreta uma freira que, ao receber uma carta de um preso condenado à morte pelo assassinato de dois adolescentes, começa a investigar o caso. Ao tomar conhecimento das provas precárias que levaram à condenação do homem, a freira passa a funcionar como guia espiritual dele. Ao mesmo tempo, inicia uma luta para salvar o protegido da pena de morte. Dirigido pelo Tim Robbins, o filme, cujo roteiro se baseou num caso real, arrecadou US$ 34,4 milhões nos cinemas americanos. Foi o 52.º trabalho da Susan Sarandon.

Susan Sarandon

SUSAN ABIGAIL TOMALIN nasceu no dia quatro de outubro de 1946 na cidade de Nova York, Estados Unidos. O sobrenome artístico vem do casamento com o ator Chris Sarandon quando cursava a faculdade em 1967. A estreia no cinema se deu em 1970 num papel de destaque do filme “Joe — Das Drogas à Morte”. Também na televisão estreou no mesmo ano na novela “Um Mundo à Parte”. Num dos principais papeis femininos da atração, esteve em 325 capítulos até 1971. A década de 1980 foi especialmente profícua, com a participação em 15 produções para o cinema e a televisão. O destaque do período vai para a comédia “As Bruxas de Eastwick” de 1987, na qual contracenou com a Cher, a Michelle Pfeiffer e o Jack Nicholson.

A década de 1990 também começou muito promissora com a personagem Louise do filme “Thelma & Louise” de 1991. O filme obteve muito sucesso no mundo todo. Junto com a Thelma (Geena Davis), a Louise parte para uma aventura que se transforma em fuga após matar um homem que tentara assediá-la sexualmente. No período, foram mais 22 produções, com destaque para o drama “Os Últimos Passos de Um Homem” de 1995. Pelo desempenho, ela ganhou o Oscar de melhor atriz. A década de 2000 mostrou-se também muito boa para o trabalho com a participação em mais de trinta produções. O destaque do período vai para o drama “Identidade Roubada” de 2006, no qual interpretou a protagonista. Com o tempo, além de atuar, enveredou pelo ativismo político. Tornou-se embaixatriz da boa vontade do UNICEF, o fundo da ONU para as crianças e adolescentes.

Principais filmes
1974   A Primeira Página
1976   Um Amor de Verão
1979   No Limite do Paraíso
1984   Carência de Amor
1987   As Bruxas de Eastwick
1990   Loucos de Paixão
1991   Thelma & Louise
1992   O Dono da Noite
1992   O Óleo de Lorenzo
1995   Os Últimos Passos
de Um Homem
1998   Fugindo do Passado
2004   Anjo de Vidro
2006   Identidade Roubada
2010   Face Oculta
2012   A Negociação
2014   A Convocação

 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados