Carla

CARLA DE ANDRADE CAMURATI nasceu no dia 14 de outubro de 1960 na cidade do Rio de Janeiro. Começou a carreira como modelo, mas a intenção era a carreira de atriz. Estreou na televisão em 1981 na novela “Brilhante” da TV Globo. O primeiro papel de destaque foi a personagem Bebel da novela “Livre Para Voar” de 1984. Como modelo fotográfico, estampou a capa e um ensaio sensual para a revista Playboy, edição de julho de 1983. Mesclou o jeito meigo com bastante sensualidade. Neste mesmo ano, estrelou o filme “Estrela Nua”. Na trama, ela interpreta uma atriz em início de carreira contratada para dublar outra atriz que cometera suicídio. Durante o trabalho, a personagem começa a manifestar as manias da atriz morta.

A década de 1980 foi muito profícua para o trabalho. Foram quinze participações em filmes, novelas e séries. Mas em 1995, após atuar no filme “Lamarca” sobre a vida do famoso revolucionário brasileiro, resolveu investir na carreira de diretora. O primeiro trabalho atrás das câmeras foi o drama histórico e biográfico “Carlota Joaquina”. O filme tornou-se um marco na história do cinema brasileiro, pois deu início à retomada da produção nacional. Seguiram-se os filmes “La Serva Padrona” (1999), “Copacabana” (2001) e “Irma Vap: O Retorno” (2006). Encerrou a carreira de atriz em 2003 depois de inscrever no currículo 23 créditos. Em 2007 assumiu a presidência do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, começando uma trajetória vitoriosa no serviço público.

Novelas
1981  Brilhante (Globo)
1982  Sol de Verão (Globo)
1983  Champagne (Globo)
1984  Livre Para Voar (Globo)
1988  Fera Radical (Globo)
1989  Pacto de Sangue (Globo)
1990  Brasileiros e Brasileiras (SBT)

play julho 83 01 estrela nua1

 

Carioquinhas

UP TOGGLE DOWN

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados