Imprimir
Categoria: Vulcabras
Acessos: 13058

mizuno1Mizuno

31/03/2021 — Um mês depois de assumir a marca no Brasil, a Vulcabras deu início à produção da Mizuno, calçados de alto desempenho. A marca foi comprada da Alpargatas no ano passado por R$ 32,5 milhões. Toda a operação está sendo realizada na fábrica da empresa de Horizonte no Ceará. A empresa iniciou a produção dos modelos Jet 4, EZ Flex 2, Invictus, Frontier 12, Mirai 3, Dynasty 3 e Titan. Até o fim deste ano, a produção alcançará os 34 modelos da Mizuno no país. O casamento da Vulcabras com a Mizuno mira particularmente o segmento esportivo. No ano passado, a Alpargatas teve lucro líquido de R$ 444 milhões com a marca, segundo dados do relatório financeiro. A Mizuno foi criada na cidade de Osaka no Japão em 1906. Chegou o Brasil em 1995.

Lucro
16/03/2021 — A calçadista Vulcabras fechou o quarto trimestre de 2020 com lucro líquido de R$ 54,6 milhões. Houve aumento de 25,8% na comparação com terceiro trimestre, quando o lucro ficou em R$ 43,4 milhões. De acordo com o balanço encaminhado à Bolsa de Valores de São Paulo, o lucro líquido no acumulado do ano passado chegou aos R$ 31,6 milhões. Houve queda de 78% na comparação com os doze meses de 2019. O desempenho da companhia foi fortemente impactado pela pandemia do coronavírus. Em 2020, a receita líquida da empresa teve queda de 13,3%. Enquanto em 2019, os valores registraram R$ 1,360 bilhão, em 2020 eles recuaram para R$ 1,179 bilhão. A Vulcabrás támbém é dona das marcas Azaleia (sandálias) e Olympikus (tênis).

Demonstrações
financeiras 2020

1.179.227.000  receitas
1.147.673.000  despesas.
0.031.554.000  lucro
1.125.384.000  patrimônio

olympikus1Procon vs
Vulcabras

27/01/2021 — O Procon de São Paulo notificou a Vulcabrás Azaleia após a empresa resolver apenas 1,3% das reclamações recebidas em 2020. A empresa do ramo de roupas, calçados e artigos esportivos teve no ano passado mais de 220 reclamações registradas. Respondeu somente a três dos questionamentos, informou o órgão de defesa do consumidor. Ainda segundo a instituição, ao não dar respostas, a empresa não demonstra cuidado e respeito para com os clientes, ficando sujeita às sanções previstas na Lei 8.078/90, o Código de Defesa do Consumidor. Além da Azaleia, a Vulcabras é dona de marcas importantes como os tênis Olympikus, Mizuno e Under Armour. Também se destacam no mercado as sandálias Dijean e Opanka.

pedro bartelle1Vulcabras
VULCABRAS foi fundada em 1952, na cidade de Jundiaí, São Paulo. Constitui-se na maior companhia do país no setor de calçados esportivos, femininos e confecções esportivas, contando, entre outras, com as marcas Azaléia, AZ, Dijean, Funny, Opanka, OLK, Olympikus, Reebok e Botas Vulcabras. Após o fechamento de seis fábricas na Bahia, de interromper as fabricações em sua filial no Rio Grande do Sul e de demitir 8,9 mil funcionários por causa de problemas financeiros, possui, atualmente, cinco fábricas: três no Brasil, uma na Argentina e uma na Índia. As unidades brasileiras estão no Ceará, no Sergipe e na Bahia. De acordo com os números da Bovespa, até o terceiro trimestre de 2020 o lucro líquido registra R$ 382,9 milhões.

Justiça
30/10/2020 — Um acordo firmado entre o Ministério Público do Trabalho e a Vulcabras resultará na doação de 7,4 mil pares de calçados para comunidades carentes dos municípios de Parobé, Campo Bom, Novo Hamburgo, Igrejinha e Taquara, todos no Estado do Rio Grande do Sul. O ajuste também prevê a entrega de um micro-ônibus novo à cidade de Parobé para uso na área da saúde, além da transferência de R$ 225 mil para aquisição de equipamentos de proteção relacionados ao combate da COVID-19. O acordo decorre de uma ação civil pública ajuizada pelo MPTb em 2007. Na época, fiscais do Ministério do Trabalho constataram irregularidades relacionadas à saúde dos trabalhadores das unidades fabris da calçadista nas cidades mencionadas.