adolfo-lutz in1Adolfo Lutz

Nasceu no dia 18 de dezembro de 1855 e morre no dia 6 de outubro de 1940, na cidade do Rio de Janeiro.

Médico e cientista, descendente de uma abastada família, formou-se em medicina na Universidade de Berna, Suíça. Realizou depois diversos estágios em universidades europeias: Viena, Praga, Leipzig, Hamburgo, Paris e Londres. Em Hamburgo, Alemanha, trabalhou com o professor Paul Gerson Unna, que realizava importantes estudos sobre a lepra. De volta ao Brasil, passou a clinicar em Limeira, no interior de São Paulo. De 1889 a 1890, esteve no Leprosário de Kalihi, da Ilha de Molocai, no Havaí. Em1893, novamente de volta ao Brasil, foi nomeado diretor do Instituto Bacteriológico de São Paulo, onde permaneceu até 1908.

Trabalhou depois com Osvaldo Cruz no Instituto Manguinhos. Reconheceu os principais transmissores da malária. Estudou a ancilostomíase (amarelão) e o mosquito transmissor da febre amarela. Descobriu, também, inúmeros protozoários parasitos. Escreveu, entre outras, as obras A Opilação ou Lipoemia Intertropica (1888), Febre Tifoide em São Paulo (1898), Novas Espécies de Mosquitos no Brasil (1905), Sobre a Lepra (1912), Observações Sobre a Evolução do Schistosoma Mansoni (1916) e Sobre Difteria (1920). No Brasil, foi o pioneiro na área da epidemiologia e na pesquisa de doenças infecciosas. Em 1940, com a fusão do Instituto Bacteriológico com o Laboratório Bromatológico do Estado de São Paulo, nasceu o Instituto Adolfo Lutz, em homenagem ao grande cientista carioca.


 

Medicina

UP TOGGLE DOWN

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados