Max Theiler

MAX THEILER nasceu no dia 30 de janeiro de 1899 na cidade de Pretória, África do Sul. Morreu no dia 11 de agosto de 1972 na cidade de Novo Paraíso, Estado do Connecticut, Estados Unidos. Filho de um bacteriologista veterinário, desde cedo se interessou pela carreira na área da saúde. Em 1918 deixou o seu país e foi para a Inglaterra. Na cidade de Londres graduou-se em 1922 em medicina tropical e higiene. Tornou-se após professor no Colégio Real de Física da capital inglesa. Como queria seguir carreira na área da pesquisa, mudou-se para os Estados Unidos. Fixou-se no Estado do Massachusetts e assumiu o departamento de medicina tropical da Universidade de Harvard na cidade de Boston.

Em 1926, defendeu a tese segundo a qual a febre amarela era causada pela bactéria Leptospira icteroides. Em 1928, um ano após a doença ter sido identificada conclusivamente como sendo causada por um vírus, mostrou que os vírus africanos e sul-americanos são imunologicamente idênticos. No decorrer da pesquisa, ele contraiu a febre amarela, mas sobreviveu e desenvolveu imunidade. Na sequência, trabalhou nos laboratórios da Fundação Rockfeller em Nova York e na Escola de Saúde Pública da Universidade de Yale. Na fundação desenvolveu os estudos que levaram à criação da vacina contra a febre amarela. Entre 1940 e 1947 foram produzidas quase trinta milhões de doses da vacina, o que levou à erradicação da doença. Por esse trabalho recebeu o Prêmio Nobel de Medicina em 1951.

max theiler1


 

Medicina

UP TOGGLE DOWN

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados