joshua-reynolds in1Joshua Reynolds

Nasceu no dia 16 de julho de 1723, na localidade de Plympton St. Maurice, Inglaterra. Morreu no dia 23 de fevereiro de 1792, na cidade de Londres. Nascido e criado em família instruída, numa época em que os pintores ingleses eram pouco mais que negociantes incultos, iniciou sua formação como aprendiz de Thomas Hudson, em Londres. Em 1744, começou a adquirir estilo independente, após ter sofrido numa primeira fase, marcada pela influência do belga Antoon van Dick. Em 1749, viajou para Minorca, onde permaneceu durante cinco meses. Nessa cidade, sofreu um acidente que lhe deixou uma cicatriz nos lábios, marca que salientaria em seus autorretratos.

De Minorca, partiu para a Itália e permaneceu dois anos estudando as obras-primas da pintura clássica e moderna. Essa viagem teve importância fundamental em sua formação e influenciou toda a sua obra posterior. Em 1753, retornou a Londres, onde se estabeleceu. Suas primeiras exposições datam da fundação da Sociedade dos Artistas em 1760. Em 1768, sob o patrocínio do rei Jorge III, foi fundada a Real Academia, para a qual foi eleito como primeiro presidente. Em 1781, esteve em Flandres e na Holanda, para estudar a obra de Peter Paul Rubens. No ano seguinte, sofreu um ataque de paralisia. Por volta de 1800, começou a perder a visão. Fez seu discurso na academia em 1790. Foi uma das figuras dominantes de arte inglesa no século XVIII.

Sua obra caracteriza-se pela graça dos traços e pelo calor do colorido. Pintou, sobretudo, retratos: Commodore Keppel (1753), Georgiana, Condessa Spencer e Sua Filha (1760), Família do Duque de Marlborough (1778). Deixou também os Discursos Sobre a Arte, que pronunciou na Real Academia, nos quais, além de discutir problemas teóricos, colocava uma série de conselhos para os artistas principiantes. Realizou algumas incursões em outros gêneros pictóricos (como a mitologia e a religião), que, no entanto, não superaram suas qualidades de retratista. Formou com William Hogarth e Thomas Gainsborough, o trio mais representativo da escola inglesa no século XVIII.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados