rotas do odio1Rotas do Ódio

05/08/2019 — O canal a cabo da Universal estreou, na faixa das 23 horas dos domingos, a terceira temporada da série policial “Rotas do Ódio”. A produção acompanha a Delegacia de Repressão aos Crimes Raciais e Delitos de Intolerância de São Paulo, comandada pela delegada Carolina, vivida pela atriz Mayana Neiva. Além de lutar contra o crime, a delegada e equipe ainda precisam lidar com problemas pessoais e com a constante ameaça de ter a delegacia fechada pela Secretaria de Segurança. A Mayana Neiva, paraibana nascida na cidade de Campina Grande, começou a carreira em 2007, na minissérie “Pedra do Reino”. No total, na carreira, são vinte créditos. Em 2019, ela também completou o filme “Silêncio da Chuva”, ainda sem data de estreia.

mayana neiva ft1Mayana Neiva
MAYANA MARIA RAMOS NEIVA nasceu no dia 15 de maio de 1983, na cidade de Campina Grande, Estado da Paraíba. Fez os primeiros estudos numa rígida escola religiosa só para mulheres em sua cidade natal. Com quinze anos, deixou o país para estudar o segundo grau nos Estados Unidos. Foi lá que começou a se interessar pela carreira de atriz, ao participar de peças teatrais. Depois do colégio, ficou mais uma temporada para estudar drama na Universidade de São Francisco, Califórnia. Com 19 anos, estava de novo na Paraíba, a tempo de participar e ser coroada Miss Campina Grande. Venceu também a etapa estadual, tornando-se, em 2003, a Miss Paraíba. Mudou-se para São Paulo, em 2004, onde graduou-se em Filosofia, em 2009, na Pontifícia Universidade Católica. Em 2018, além de terminar a participação na novela “O Outro Lado do Paraíso”, foi a protagonista do curta-metragem “Ideia Fixa”.

o outro lado do paraiso1Paraíso
15/05/2018 — Um dos destaques da novela “O Outro Lado do Paraíso” foi a atriz Mayana Neiva. Ela deu vida à prostituta Leandra, dona do bordel da cidade fictícia de Pedra Santa, para onde acorriam os garimpeiros. Para atuar na novela, a bela paraibana deu um tempo nos compromissos internacionais. A personagem, pelo desejo de mudar de vida, caiu nas graças do público, o que fez o autor ampliar o leque da participação. Depois de ser traída por um namorado da adolescência, que descobriu a sua verdadeira atividade, a personagem viu o amante, o segurança do bordel, ser assassinado pela vilã Sofia (Marieta Severo). No fim, arranjou um grande empresário do agronegócio e pôde realizar o sonho. “O Outro Lado do Paraíso” foi o décimo sétimo crédito da Mayana como atriz.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados