Paloma
ft1

PALOMA BERNARDI nasceu no dia 21 de abril de 1985, na cidade de São Paulo. Filha de uma bailarina, desde cedo manifestou desejo de seguir a carreira artística. Começou a trabalhar com apenas quatro anos de idade, como modelo de publicidade para marcas infantis, com destaque para a Lacta, a Bubbaloo e a Palmolive. A primeira novela — “Colégio Brasil”, do SBT — aconteceu em 1996. Ainda passou pela TV Record antes de chegar à TV Globo em 2009 para viver a personagem Mia Ribeiro, na novela “Viver a Vida”.

Pelo desempenho, foi indicada por diversas entidades para o prêmio de atriz-revelação do ano. Em 2014, ganhou o Prêmio Jovem Brasileiro na categoria “atriz-destaque”, pela participação novela “Salve Jorge”. Em 2016, deixou a Globo e se transferiu novamente para a Record, onde, entre 2017 e 2018, vive a personagem Isabela, na novela “Apocalipse”. No carnaval de 2018, no Rio de Janeiro, saiu à frente da bateria da Escola de Samba Acadêmicos da Grande Rio. Em 2019, apareceu em doze episódios da série “O Escolhido”, disponível no canal Netflix.

Os Parças
20/04/2018 — O filme “Os Parças” ficou em cartaz nos cinemas brasileiros no período de nove a 11 de fevereiro. Foi visto por 1.600.400 pessoas e gerou uma arrecadação de mais de R$ 22 milhões. Protagonizado pelo Tom Cavalcanti, a trama contou também com a presença da Paloma Bernardi. Ela faz a filha de um contrabandista, cuja organização do casamento fica na responsabilidade de uma turma muito maluca. Não é preciso nem dizer que as confusões e os desencontros são o mote para muita risada. Este foi o nono filme da Paloma. Em 2016, ela tinha aparecido no “ApaixonadosO Filme”  e no “Mais Forte Que o Mundo”. Dos dois, o segundo foi melhor nas bilheterias. Em cartaz no período de 22 a 24 de julho daquele ano, foi visto por 548.236 espectadores. Além do trabalho na tevê e no cinema, é destaque nas principais revistas do país. Em 2011, por exemplo, posou para capa da VIP.




 

Paulistanas na Tela

UP TOGGLE DOWN

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados