Serviços

14/06/2024 — Em abril de 2024, o volume de serviços no Brasil mostrou expansão de 0,5% frente a março na série com ajuste sazonal. O setor marcou o segundo resultado positivo seguido, período em que acumulou ganhos de 1,2%. Na série sem ajuste sazonal, no confronto contra abril de 2023, o volume de serviços registrou expansão de 5,6% em abril de 2024 após ter recuado 2,2% em março. No indicador acumulado do primeiro quadrimestre de 2024, o volume mostrou expansão de 2,3% frente a igual período de 2023. Já o acumulado dos últimos doze meses mostrou dinamismo ao passar de 1,4% em março para 1,6% em abril. Entre os setores, o destaque vai para os serviços de transportes, cujo volume cresceu 1,7% no mês quatro. Na parte negativa, os serviços prestados às famílias apresentaram queda de -1,8%.

Emprego

31/05/2024 — Em abril de 2024, o setor dos serviços criou 138.309 novas vagas de emprego com carteira assinada no Brasil. Foi o melhor resultado entre os setores. No segundo mês do ano, as empresas de prestação de serviços contrataram 1.052.520 trabalhadores. As demissões carimbaram 914.211. O resultado de abril ficou abaixo das vagas criadas em março: 148.792. Mas ficou acima das vagas criadas em abril de 2023: 105.316. No acumulado de quatro meses deste ano, as vagas criadas somam 556.607, número superior ao registrado no mesmo período do ano passado (442.655). Os serviços viraram abril de 2024 com 22.672.881 carteiras assinadas, segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho. É o setor que mais emprega no país.

ABRIL
ANO A ANO NO CAGED

2020       -417.172
2021       +39.965
2022       +123.012
2023       +105.316
2024       +138.309

 

 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados