Varejo

moveis e eletros1

13/06/2022 — Em abril de 2022 o volume de vendas no comércio varejista cresceu 0,9% frente a março na série com ajuste sazonal. É o quarto aumento consecutivo para esse indicador. A média móvel trimestral marcou 1,2%. Na série sem ajuste, frente a abril de 2021, o comércio varejista cresceu 4,5%, terceira alta consecutiva. Em 2022, o setor acumula crescimento de 2,3%, enquanto  que, nos últimos dozes meses, o resultado registra 0,8%. No varejo ampliado, que inclui veículos e material de construção, o volume de vendas variou 0,7% em relação a março, com média móvel trimestral de 1,1%. Em relação a abril de 2021, o varejo ampliado cresceu 1,5%, terceira alta consecutiva. Na variação de 0,09% na série com ajuste sazonal, a maior contribuição aconteceu no grupo “móveis e eletrodomésticos“, cujas vendas cresceram 2,3%. Os dados são do IBGE.

Emprego

31/05/2022 — Em abril, o setor do comércio abriu apenas 29.261 novos postos de trabalho com carteira assinada em todo o país. Registraram-se no 423.529 admissões e 394.268 demissões no Cadastro de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho. Em março, o saldo ficou negativo em -10.104 vagas. Em relação a abril de 2021 (2.504 novas vagas), houve aumento de 94,7%No acumulado do primeiro quadrimestre de 2022, o emprego formal no comércio registra saldo negativo de -34.646 vagas, número decorrente do confronto das 1.682.651 admissões com as 1.717.297 demissões registradas no período. Segundo o CAGED, o comércio fechou abril com 9.520.228 registros em carteira.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados