Rose Almanza

ROSE MARY ALMANZA nasceu no dia 13 de julho de 1992, na cidade de Camagüey, província homônima, Cuba. Começou a se interessar pelo atletismo na escola em que estudou o secundário. Nas competições escolares, chamou a atenção dos técnicos. Logo, incluiu-se entre as melhores atletas do país na modalidade dos 800 metros. Foi nessa modalidade que faturou, em 2009, a primeira medalha de ouro da carreira, no Campeonato Pan-Americano Júnior, realizado na cidade de Porto de Espanha, Trinidad e Tobago. No mesmo ano — e na mesma modalidade — ganhou a medalha de prata no Campeonato Ibero-Americano de São Fernando, Espanha, e ficou com o quarto lugar no Campeonato Mundial da Juventude de Bressanone, Itália.

Já na fase adulta, conquistou em 2012 a medalha de prata no Campeonato Ibero-Americano de Barquisimeto, Venezuela. Em 2014, fez a festa no Festival Pan-Americano da Cidade do México e nos Jogos da América Central e do Caribe, realizados na cidade de Xalapa, México, conquistando duas medalhas de ouro. Embora os resultados regionais a tenha credenciado para os Jogos Olímpicos de 2016, realizados no Rio de Janeiro, não conseguiu bom desempenho na competição, ficando com o vigésimo sexto lugar na classificação geral. Recuperou-se no ano seguinte, com a medalha de ouro na Universíade da cidade de Taipei, Taiwan. Em 2018, faturou três ouros nos Jogos da América Central e do Caribe, nos 800, nos 1.500 e no revezamento 4 x 400 metros. Em 2019, ganhou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru.

20200713a


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados