lamartine babo1Lamartine Babo

Lamartine de Azeredo Babo nasceu no dia 10 de janeiro de 1904 e morreu no dia 16 de junho de 1963, na cidade do Rio de JaneiroFez o curso primário numa escola pública e o segundo grau no Colégio São Bento. Muito jovem, ainda no colégio, compôs o foxtrote Pindorama e venceu um concurso literário com a poesia O Padre Que Pedia Esmola. Aos 15 anos, compôs uma Ave Maria. Incentivado pelos padres, compôs outros hinos religiosos. Concluído o curso colegial, prestou exames no Colégio Pedro II, bacharelando-se em LetrasEm 1920, impedido de prosseguir estudando por causa das dificuldades financeiras.

Assim, foi trabalhar na Companhia Ligh como auxiliar de escritório. Embora não ganhasse muito, sempre economizou para ir ao Teatro Municipal, onde se entusiasmou com as operetas internacionais que lá se apresentavam. Nessa época, compôs sua primeira opereta — Cibele —, que nunca foi encenada. Aos 23 anos, tornou-se colaborador da Revista Don Quixote, especializada em humor, sátiras e críticas aos costumes da época. Escreveu, ainda, nas publicações Paratodos e Shimmy, usando pseudônimos como Frei Caneca, Poeta Cinzento, T. Mixto, Janeira Ramos e outros. Em 1922, musicou a peça Aguenta, Filipe, tornando-se, a partir de 1925, assíduo colaborador do teatro de revista. A amizade com Eduardo Souto, compositor e proprietário da Casa Carlos Gomes, abriu-lhe novos caminhos.

lamartine babo ch1Em 1924, saiu num dos blocos carnavalescos que o amigo organizava. Começou, então, a compor para os grupos da época. Em 1929, estreou na Rádio Educadora como cantor, acompanhado por Ari Barroso ao piano. No carnaval de 1932, lançou, com enorme sucesso, O Teu Cabelo Não Nega, com parceria dos Irmãos Valença. Nos anos seguintes, também para o carnaval, comporia Linda Morena, Moleque Indigesto e Marchinha do Grande Galo, que conquistaria grande êxito nos Estados Unidos. Trabalhou durante 25 anos no rádio, sendo responsável por um dos programas mais famosos da época: O Trem da Alegria. Em 1969, foi lançado o documentário Lamartine Babo, dirigido por Miguel Faria Jr.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados