20160930 westworldRodrigo Santoro

03/09/2016 — O Rodrigo Santoro é uma das estrelas da série “Westworld”, já em exibição no canal Home Box Office (HBO). A trama se passa num parque temático e futurístico para adultos, que recria o Velho Oeste. Neste parque, existem diversos robôs que imitam perfeitamente (em aparência e jeito) a vida humana e interagem o tempo todo com as pessoas que passam por lá. Porém, tudo muda quando esses mesmos robôs — os quais podem morrer e voltar com personalidades completamente diferentes — sofrem uma pane no sistema e passam a ser ameaças aos turistas. Para a crítica, trata-se de uma releitura do filme “Westworld — Onde Ninguém Tem Alma”, lançado em 1973. Santoro, na série, faz o pistoleiro mexicano Hector Escaton. Na verdade, ele é um robô que não tem consciência da sua condição.

20160410 velho-chicoParticipação NaVelho Chico
10/02/2016 — O Rodrigo Santoro finalizou a sua participação na novela “Velho Chico” aplaudido tanto pelo público quanto pela crítica. Foi, realmente, memorável a interpretação do coronel Afrânio de Sá Ribeiro, um personagem controvertido, cujo início direcionava para uma rebeldia em relação às imposições do pai e da mãe. Esses — Tarcísio Meira e Selma Egrei — estavam na labuta na fazenda às margens do Rio São Francisco, enquanto ele se deliciava em Salvador nos braços da Iolanda, vivida pela Carol Castro. A morte súbita do pai fez com que ele voltasse à terra natal.

O personagem ficou dividido entre voltar para a capital e ficar para assumir o título de “coroné saruê”. Chegou mesmo a pegar o carro para sumir. Na encruzilhada, porém, resolveu voltar para a fazenda. E se tornou um coronel muito mais perverso e ganancioso que o próprio pai. O ator deu vida ao vilão que dominou toda a segunda fase, exercendo o seu poder contra tudo e contra todos. Não titubeou, sequer, em cortar a felicidade da própria filha, agredindo-a e encerrando-a num convento porque não a queria casada com o Santo dos Anjos (Renato Góes): “não criei uma filha para entregar a um retirante”. O fato é que o Rodrigo Santoro fez um vilão que há tempos não se via: ao mesmo tempo mau, ardiloso e envolvente. Volta, agora, para os Estados Unidos para viver, com muito cacife, o personagem Jesus Cristo no filme Ben-Hur.

rodrigo-santoro15aRodrigo Junqueira Reis Santoro nasceu no dia 22 de agosto de 1975, na cidade Petrópolis, Rio de Janeiro. Estudava jornalismo na Pontifícia Universidade da Católica quando foi recusado, em 2001, para um papel na novela “Sex Appeal”. Naquele mesmo ano, porém, foi selecionado para a novela “Olho Por Olho”. Participou de outras seis novelas, quando, em 2003, virou ídolo nacional com o personagem Diogo, da “Mulheres Apaixonadas”. A partir deste ano, resolveu investir na carreira cinematográfica. Já tinha feito seis filmes, com destaque para o “Abril Despedaçado”, de 2002. Mas foi o desempenho no “Carandiru”, de 2003, que lhe deu a visibilidade necessária. Sua estreia em Hollywood foi no “As Panteras Detonando”. Já são mais de quarenta produções no currículo.

Principais Filmes
2001 — Abril Despedaçado (Brasil)
2003 — Carandiru (Brasil)
2003 — As Panteras Detonando (EUA)
2003 — Simplesmente Amor (Reino Unido)
2004 — A Dona da História (Brasil)
2006 — 300 (EUA)
2007 — Não Por Acaso (Brasil)
2008 — Os Desafinados (Brasil)
2008 — Cinturão Vermelho (EUA)
2008 — Che (Espanha)
2009 — O Golpista do Ano (EUA)
2010 — Recém-Formada (EUA)
2011 — Segredos da Paixão (EUA)
2011 — Meu País (Brasil)
2011 — Homens de Bem (Brasil)
2012 — Heleno (Brasil)
2012 — Reis e Ratos (Brasil)
2013 — O Último Desafio (EUA)
2014 — 300: A Ascensão do Império (EUA)
2015 — Golpe Duplo (EUA)
2015 — Os 33 (EUA)
2016 — Ben-Hur (em produção, EUA)

r-santoro golpe-d1Golpe Duplo
15/03/2015 — Com duas dezenas de trabalhos no exterior contabilizados e pelo menos outros seis para estrear entre 2015 e 2016, Rodrigo Santoro é, aos 39 anos, um veterano do cinema americano. Mas, nos seus doze anos de atividade fora do Brasil, sua carreira nunca esteve tão aquecida, variada e instigante quanto agora. Ele interpreta um milionário argentino em “Golpe Duplo”, que acaba de entrar em cartaz no país. Vai ser Jesus numa refilmagem de “Ben-Hur”. Em “The 33”, faz Laurence Golborne, o ministro que coordenou o salvamento dos mineiros chilenos presos sob a terra em 2010. E já gravou o piloto de “Westworld”, uma série da HBO. Dentre os sucessos hollywoodianos de que participou, Rodrigo destaca “As Panteras” (2003), “300” (2007) e “300: A Ascensão do Império” (2014).



 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados