as parceiras1Personal Best

22/11/2019 — O drama esportivo “As Parceiras” foi lançado nos cinemas brasileiros no dia oito de outubro de 1982. Foi o primeiro sucesso da atriz Mariel Hemingway. Ela interpreta a personagem Chris Cahill, uma jovem e atraente atleta que se prepara para os Jogos Olímpicos de 1980, previstos para a cidade de Los Angeles. Nas pistas de corridas, a bela conhece a Tory Skinner (Patrice Donnelly), veterana campeã, em busca de mais um título. As duas se tornam amigas e, em pouco tempo, iniciam uma relação homossexual.

Acreditando no potencial da amiga e amante, já que a jovem é muito esforçada e determinada, a Tory convence o Terry Tingloff (Scott Glenn), seu rigoroso treinador, a fazer da Chris mais uma vencedora. Esta passa a ter na amante o exemplo de atleta que deve alcançar e até ultrapassar. Com o experiente treinador, as vidas dos três se entrelaçam, estabelecendo-se um triângulo amoroso. O filme foi o quarto crédito da Mariel Hemingway na carreira. Se não foi um sucesso de bilheteria nos cinemas, com a arrecadação de apenas US$ 5,272 milhões, o “As Parceiras” se tornou, com o tempo, bastante cultuado nas mídias alternativas e uma bandeira para a comunidade gay.

Mariel
2090725

forca aerea2MARIEL HEMINGWAY nasceu no dia 22 de novembro de 1961, na cidade do Vale do Moinho, Estado da Califórnia, Estados Unidos. Neta do famoso escritor Ernest Hemingway, começou a carreira em 1976, com quinze anos, no filme “A Violentada”, cuja protagonista foi a sua irmã Margaux Hemingway. Em 1979, teve atuação destacada na comédia romântica “Manhattan”, dirigida pelo Woody Allen. O desempenho rendeu a ela a indicação ao Globo de Ouro e ao Oscar de melhor atriz coadjuvante. Na trama, a personagem Tracy, uma estudante do ensino médio, de apenas dezesseis anos, desenvolve um relacionamento com o Isaac (Woody Allen), muitos anos mais velho. Esse trabalho abriu para ela, de vez, as portas dos estúdios de Hollywood

Em 1979, ganhou a primeira protagonista, a personagem Chris Cahill, uma atleta no drama esportivo “As Parceiras”. Como par do Kurt Russell, fez, em 1985, muito sucesso com a personagem Christine Connelly, do drama de crime e suspense “Temporada Sangrenta”. Também se destacou na televisão. Entre 1991 e 1993, interpretou a personagem Sydney Guilford, uma advogada, em trinta e seis episódios da série “Guerra Civil”. Pelo desempenho, foi indicada para o Globo de Ouro de melhor atriz. Também se destacou em treze episódios da série “Central Parque Oeste”. No cinema, ainda vale lembrar a participação nos sucessos “Força Aérea 2”, de 2006, e no “Invasão Zumbi”, de 2012. Como modelo fotográfico, posou para a cada da Playboy de abril de 1982. Em 2019, apareceu na comédia “O Muro do México” e terminou o drama “Terra do Coração”.


 

Atrizes Californianas

UP TOGGLE DOWN

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados