jesus de nazare1Madalena

02/09/2019 — O telefilme “Jesus de Nazaré” foi produzido e exibido como minissérie pela Rádio e Televisão Italiana em 1977. No Brasil, apareceu no formato DVD em dezembro de 2002. Além do Robert Powell no papel do Jesus Cristo, apresentou o Rod Steiger na pele do Pôncio Pilatos e o James Farentino como o apóstolo Pedro. Mas quem roubou a cena foi mesmo a atriz Anne Bancroft, a intérprete da Maria Madalena, uma das personagens mais emblemáticas da Bíblia. A novaiorquina dá muita dramaticidade à prostituta prestes a ser morta por apedrejamento. Salva pelo Jesus, a mulher muda completamente de vida e passa a seguir o mestre aonde quer que ele vá. Nesse contexto, tornou-se peça-chave no advento da Paixão de Cristo. O telefilme foi o 37.º crédito da Anne Bancroft.

20190902Anne
ANNA MAIRA LOUISA nasceu no dia 17 de setembro de 1931, na cidade de Nova York, Estados Unidos. Na infância, paralelamente aos estudos formais, recebeu aulas de dança e canto. Começou a carreira na televisão em 1950. O primeiro filme, o drama de mistério “Almas Desesperadas”, aconteceu em 1952. Nesta década, foram nada mais nada menos do que trinta e duas participações em filmes e produções para televisão. O destaque foi para o faoreste “Honra de Selvagem”, lançado em 1956. A década de 1960 não foi tão intensa. Mas, em 1963, faturou o Oscar de melhor atriz pelo desempenho no drama biográfico “O Milagre da Anne Sullivan”. Na trama, ela é uma professora, cuja maior luta foi ajudar uma menina cega e surda a se adaptar ao mundo que a rodeava.

Em 1964, ganhou o prêmio de interpretação feminina no Festival de Cannes com a personagem Jo Armitage, do drama “Crescei-vos e Multiplicai-vos”. Na trama, a Jo é mãe de oito filhos, resultado de três sucessivos casamentos. O marido atual começa a se divertir com outras mulheres, enquanto ela tem de ficar em casa. Não aceitando a situação, a Jo procura auxílio com um psiquiatra. Em 1967, veio aquele que os críticos apontam como sendo o seu melhor desempenho, o drama romântico “A Primeira Noite de Um Homem”. Ela interpreta uma mulher vivida, a senhora Robinson, que dá início à vida sexual do jovem Benjuamin Bradock, vivido pelo então novato Dustin Hoffman. O desempenho garantiu a ela o Globo de Ouro de melhor atriz. Em 1999, voltou a ser premiada, agora com o Emmy de atriz coadjuvante, no telefilme “Sempre No Meu Coração”. Até 2008, registra 87 créditos como atriz.


 

Atrizes Novaiorquinas

UP TOGGLE DOWN
Notice: Trying to get property of non-object in /home/tiooda.com.br/public/modules/mod_vina_ticker_content/tmpl/default.php on line 79 Notice: Trying to get property of non-object in /home/tiooda.com.br/public/modules/mod_vina_ticker_content/tmpl/default.php on line 80

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados