20161004 smarts1Pixel & Pixel XL

04/10/2016 — O Google lançou, durante uma conferência nos Estados Unidos, a sua primeira linha de smartphones de fabricação própria, denominada “Pixel”. Os aparelhos virão em dois tamanhos: cinco polegadas e cinco polegadas e meia. A nova geração tem preços a partir de 649 dólares (cerca de R$ 2.000,00). Ainda não há previsão de lançamento no Brasil. Os produtos são substitutos da linha “Nexus”, lançada como produto do Google, mas fabricada por outras marcas como a Samsung, LG e a Motorola.

O Nexus 6P, o mais moderno até então, era produzido pela chinesa Huawei. Os modelos “Pixel” e “Pixel XL” são os primeiros celulares a terem o Assistente Google, que substitui o Google Now como assistente virtual. Os smartphones virão com um processador Snapdragon 821, quatro gigabytes de memória RAM, opção de 32 ou 128 gigabytes de armazenamento, resolução de 1080 pixels, câmera traseira de 12 megapixels, conector para fones de 3,5 milímetros e leitor de impressões digitais.

campus-sao-pauloCampus São Paulo
07/08/2016 — O Google apresentou o Campus São Paulo, seu primeiro espaço dedicado ao empreendedorismo e ao “ecossistema das startups” na América Latina e o sexto no mundo. Cerca de 50 startups serão selecionadas no próximo mês para iniciar o desenvolvimento, conexão e criação de empresas inovadoras e de alto impacto. A iniciativa começará a funcionar oficialmente a partir do dia 13/06/2016. A capital paulista foi escolhida por ser um ambiente estimulante e referência como principal ecossistema de realização de negócios, segundo o portal americano. O campus foi instalado na nova sede da empresa na América Latina, num prédio na zona sul da capital paulista.

A iniciativa vai ocupar quatro andares com salas integradas, espaço para jogos, coworking e café para integração dos residentes e visitantes. Em parte do espaço, startups serão alocadas para desenvolver suas ideias e ter contato com mentores e especialistas do Google. O espaço de trabalho não tem custo para as empresas. Elas terão seis meses de residência, duração mínima do programa. Em troca, oferecerão engajamento em comunidade e auxílio para outros empreendedores das futuras rodadas de seleção. A estrutura brasileira já conta com sete mil membros inscritos. O primeiro campus, em Londres (Inglaterra), uma das referências para o braço brasileiro da operação, tem 60 mil acumulados desde 2012.

chromecast16Chromecast
27/04/2016 — O Google anunciou a chegada da nova versão do Chromecast ao Brasil. O acessório consegue transformar uma televisão comum numa espécie de SmarTV. Começou a ser vendido on-line por R$ 399,00, o dobro do preço sugerido da primeira geração, lançada em 2014. Nos Estados Unidos, o novo Chromecast será vendido por US$ 35,00 (cerca de R$ 120,00). O aparelho é uma aposta da empresa para espelhar o conteúdo dos smartphones, tablets e notebooks na tela da televisão. Para projetar os aplicativos, basta conectar o equipamento a uma porta HDMI da TV, conectá-la a uma fonte de energia e emparelhar o dispositivo na mesma rede wi-fi configurada no Chromecast. A partir disso, o celular, ou qualquer outra ferramenta escolhida, passará a ser o controle remoto da televisão.


 

 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados