banner-topo

Thomas Grey, figura dominante da poesia inglesa no século XVIII

thomas-gray1Thomas Grey

Nasceu no dia 26 de dezembro de 1716, na cidade de Londres, Inglaterra. Morreu no dia 30 de julho de 1771, na localidade de Cambridge.

Fez seus estudos em Eton e no Colégio São Pedro de Cambridge, onde se tornou amigo dos escritores Horace Walpole e Richard West. Deixou Cambridge em 1738 e acompanhou o primeiro numa viagem pelo continente, em 1739. Juntos, visitaram a França e a Itália, onde se desentenderam. Foi, então, para Veneza, retornando para a Inglaterra por ocasião da morte do seu pai. Em 1744, reconciliou-se com Walpole. Em 1750, terminou sua Elegia Escrita Num Cemitério Camponês, começada anos antes. Em 1757, recusou a distinção de “poeta-laureado”.

Após a abertura do Museu Inglês, em 1759, estabeleceu-se em Londres para poder estudar as obras expostas. Em 1768, foi nomeado professor de história moderna em Cambridge. Sua obra literária é pouco volumosa, mas de boa qualidade, segundo os críticos. A Elegia... é a mais popular e talvez a melhor de sua produção. Liga-se à corrente da “poesia das tumbas”, inaugurada por Edward Young, influência que se encontra também nas odes pindáricas: Os Progressos da Poesia, O Bardo, Ode Profética, etc. Tornou-se o poeta da transição entre a época clássica e o romantismo britânico. Sua grande erudição literária e o extremo bom gosto o tornaram a figura dominante da poesia inglesa no século XVIII.


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados