rafael-bombelli ft1Rafael Bombelli

Nasceu no dia 20 de janeiro de 1526, na cidade de Bolonha, Emília-Romanha, Itália. Morreu em dia e mês incertos do ano de 1572, na cidade de Roma. Além de matemático, exerceu funções de engenheiro hidráulico. Era filho de um rico comerciante que entrou em conflito com a igreja católica. Por isso, teve de viver longe da sua cidade. Quando voltou, mudou o sobrenome para não ser perseguido. Desde cedo começou a estudar os matemáticos gregos, principalmente Diofanto. Ficou célebre pela obra “Álgebra”, escrita por volta de 1550.

A obra original incluía cinco volumes, dos quais apenas três foram publicados em 1572. O manuscrito completo só viria a ser conhecido em 1929. Exerceu profunda influência e constituiu-se num dos textos fundamentais para o estudo da matemática até os tempos do Gottfried Leibniz. Sua sistemática, a introdução das abreviações no vocabulário algébrico e os procedimentos constitutivos e demonstrativos essencialmente analíticos representaram um grande passo para a matemática moderna. A ele se deve a introdução dos números complexos e o desenvolvimento da teoria das equações do quarto grau.

Álgebra
Em matemática, álgebra é o ramo que estuda a manipulação formal de equações, operações matemáticas, polinômios e estruturas algébricas. É um dos principais ramos da matemática pura, juntamente com a geometria, a topologia, a análise e a teoria dos números. O termo “álgebra”, na verdade, compreende um espectro de diferentes ramos da matemática, cada um com suas especificidades. Na álgebra estudam-se várias áreas. A álgebra elementar, que frequentemente faz parte do currículo no ensino secundário, introduz o conceito da variável representativa de números. As origens históricas da álgebra se encontram na Babilônia, civilização antiga localizada na região da Mesopotâmia, atual Iraque.


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados