andersen1Andersen

HANS CHRISTIAN ANDERSEN nasceu no dia 2 de abril de 1805, na localidade de Odense, Dinamarca. Morreu no dia 4 de agosto de 1875, na cidade de Copenhague.

Filho de um sapateiro, exerceu essa profissão na juventude, encontrando sérias dificuldades para se educar. Transferiu-se para a capital Copenhague, onde fracassou como ator, mas, protegido pelo diretor do teatro real, conseguiu terminar seus estudos. Em 1826, publicou o poema Criança Moribunda. Continuando a escrever, conseguiu, em 1828, um lugar no Instituto de Copenhague. Mais tarde, com o apoio da casa real dinamarquesa, viajou pela Europa e pelo Oriente. Escreveu contos, romances, peças teatrais, canções patrióticas e versos para crianças. Sua principal obra são os contos infantis, cuja primeira coleção surgiu em 1835.

Graças à contribuição para a literatura, a data do seu nascimento é considerada o Dia Internacional do Livro Infanto-Juvenil. Além disso, o mais importante prêmio internacional do gênero, o Prêmio Hans Christian Andersen, tem seu nome. Anualmente, a International Board on Books for Young People (IBBY) oferece a Medalha Hans Christian Andersen para os maiores nomes mundiais da literatura infanto-juvenil. A primeira representante brasileira a ganhar essa medalha foi Lygia Bojunga, fato ocorrido em 1982. Em 2003, foi lançado o filme A Vida Num Conto de Fadas, no qual a sua vida foi romanceada, mesclando trechos de seus contos com a sua vida. Seu livro mais conhecido é A Pequena Sereia, adaptado para o cinema em desenho animado em 1989 pelos Estúdios Disney.

a-pequena-sereia1Principais obras
1835 — A Princesa e a Ervilha
1837 — A Roupa Nova do Rei
1838 — O Soldadinho de Chumbo
1839 — A Polegarzinha
1840 — A Pequena Sereia
1843 — O Patinho Feio
1845 — A Pequena Vendedora de Fósforos


 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados