Valéria Monteiro
ft1ft2

VALÉRIA MONTEIRO nasceu no dia 26 de março de 1965, na cidade de Belo Horizonte, Estado das Minais Gerais. Paralelamente ao ensino médio, estudou dança. Na faculdade, formou-se em jornalismo. Como modelo, no início da década de 1980, dividiu o título de “musa do verão carioca” com a Vanessa de Oliveira. Nesse mesmo tempo, tentou a carreira internacional, mudando-se para Nova York, mas não deu certo. Voltando para o Brasil em 1984, estreou como apresentadora da EPTV de Campinas, afiliada da TV Globo. Depois, apadrinhada pelo então manda-chuva da emissora, o Boni Oliveira, transferiu-se para Globo Rio. Em pouco tempo, tornou-se musa do telejornalismo brasileiro. Depois de atuar como âncora do RJTV, foi promovida para o programa “Fantástico”, no qual atuou entre 1988 e 1991. Em 1992, tornou-se a primeira mulher a apresentar o Jornal Nacional. Atuou no Brasil até 1996, quando, novamente, mudou-se para Nova York.

Na capital do mundo, passou a trabalhar como modelo da agência Elite. Desfilou para as grandes grifes internacionais e fez editoriais de moda para diversas revistas do segmento. Sem se afastar da tevê, trabalhou para os canais Discovery, de variedades, e Bloomberg, de notícias. Como modelo fotográfico, realizou um ensaio sensual para a Playboy brasileira, edição de janeiro de 1994. O ensaio, assinado pelo renomado J. R. Duran, ocupou dez páginas internas. Voltou para o Brasil em 1999, como contratada da Rede TV! Mais tarde, montou uma produtora independente e assumiu o comando de um programa na rádio carioca Paradiso FM. Em 2016 resolveu entrar para a política, filiando-se ao Partido da Mobilização Nacional. Anunciou, inclusive, em 2017, a intenção de se candidatar à presidência da República, mas a ideia não foi para a frente. Como atriz registra dois créditos, um na minissérie “Incidente Em Antares”, de 1994, e o outro o filme “A Memória Que Me Contam”, de 2012.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados