woodrow-wilson1Woodrow Wilson

THOMAS WOODROW WILSON nasceu no dia 28 de dezembro de 1856, na cidade Staunton, Virgínia, Estados Unidos. Morreu no dia 3 de fevereiro de 1924, na cidade de Washington, Distrito Federal.

Foi o vigésimo oitavo presidente dos Estados Unidos, cujo mandato foi de 4 de março de 1913 a 3 de março de 1921. Estudou Direito na Universidade de Virgínia e doutorou-se, em 1886, na Universidade John Hopkins. No mesmo ano, passou a lecionar história e economia política. A partir de 1890, tornou-se professor da Faculdade de Princeton, da qual seria diretor em 1902. Em 1910, foi indicado pelo Partido Democrata à candidatura do governo de Nova Jersey.

Eleito, concorreu à Presidência da República, apresentando um programa liberal e reformista. Como presidente, encontrou uma série de oposições à sua política de “expectativa vigilante” quanto à questão mexicana. Mantendo-se em neutralidade no início da Primeira Guerra Mundial, tentou servir de mediador entre os países beligerantes. Mas não pôde evitar que os interesses mexicanos fossem envolvidos. Quando a Alemanha passou a atacar a marinha mercante dos países inimigos e neutros, ocorreu o torpedeamento de vários navios americanos. Reeleito nessa época, rompeu relações com os alemães e declarou o estado de guerra, aprovado pelo Senado Federal e pela Câmara dos Deputados em abril de 1917.

woodrow-wilson2Ao mesmo tempo, concentrou seus esforços na obtenção da paz e concebeu, como meio de sua perpetuação, a ideia da Liga das Nações. No dia 8 de janeiro de 1818, estabeleceu um acordo de catorze pontos como plano imediato para a paz. Entre esses pontos estavam itens sobre restituições, autonomia dos povos, desarmamento e arbitragem internacional. Em outubro os alemães, diante da iminência da derrota, aceitaram o plano e propuseram o armistício imediato. Durante as negociações de paz, viajou pela Europa. A criação da Liga das Nações foi introduzida no Tratado de Versalhes em 1919. Contudo, a ideia foi rechaçada pelo Senado americano.

A fim de defender suas posições, realizou uma série de viagens pelo país, mas, vítima de uma trombose, foi obrigado a interromper a campanha cívica. Seu prestígio caiu nas eleições de 1920, quando o Partido Democrata foi derrotado pelo republicano Warren G. Harding, adversário declarado da Liga das Nações. Afastou-se, então, da vida política. Por seus esforços para a convivência pacífica entre as nações, foi laureado com o Prêmio Nobel da Paz em 1919. Deixou várias obras escritas, com destaque para O Estado — Elementos da Política Histórica e Prática (1889) e História do Povo Americano (1902). Embora tenha passado para a história como defensor da paz e dos direitos civis, seu governo foi marcado pela invasão da Nicarágua, México, Panamá e Haiti.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados