banner-topo

Sherwood Anderson, um dos iniciadores da moderna novela norte-americana

sherwood-anderson2Sherwood Anderson

Nasceu no dia 13 de setembro de 1876, na cidade de Camden, Nova Jersey, Estados Unidos. Morreu no dia 8 de março de 1941, na localidade de Colón, no Panamá.

Teve uma juventude aventureira: trabalhou como redator de publicidade em Chicago, lutou em Cuba durante a Guerra Hispano-Americana e dirigiu uma fábrica de pinturas no Estado de Ohio. Aos 40 anos, publicou suas primeiras novelas. Em Chicago, entrou em contato com escritores como Theodore Dreiser e Froyd Dell. Suas primeiras obras, que retratavam a vida provinciana do Meio-Oeste Americano, alcançaram um grande sucesso. Entre elas encontra-se Winesburg, Ohio (1919).

Suas personagens são seres angustiados diante de um mundo materialista e conformado, no qual não conseguem interferir através de um ato de vontade ou de coragem. É um dos iniciadores da moderna novela americana e um dos primeiros a se bater contra o preconceito racial imperante no meio-oeste. Entre suas principais obras encontram-se Pobre Branco (1920), O Triunfo do Ovo (1921) e Riso Sombrio (1925). Teve uma influência marcante na formação literária de Wiliam Falkner. Sua obra mais festejada é mesmo Winesburg, Ohio, em que explora o tema da solidão e da frustração, tendo como cenário uma pequena cidade dos Estados Unidos.

No escrever, o autor parece frequentemente deslocado, num estilo que se empresta aos pensamentos meio-conscientes e emoções cruas dos residentes de Winesburg (uma cidade fictícia) e sua inabilidade em expressar as suas esperanças mais profundas e também os seus medos. A obra acabou sendo vertida para a televisão em pequenos capítulos em 1973, com bastante sucesso. Em 2008, o conto O Triunfo do Ovo foi transformado em filme, sob a direção de Mark Freed. O mesmo ocorreu com os romances Chicago Heights em 2009 e A Última Alma Em Uma Noite de Verão em 2012, ambos com direção de Daniel Nearing


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados