20200305Cuellar

04/03/2020 — O diplomata peruano Javier Pérez de Cuéllar morreu nesta data, na cidade de Lima, aos 100 anos, em decorrência de “causas naturais”, informou a família. Descendente de uma família de grandes posses, nasceu no dia 19 de janeiro de 1920, na capital peruana. Depois de terminar a faculdade na Pontifícia Universidade Católica do seu país, entrou para o Ministério das Relações Exteriores. Em 1944, chegou ao serviço diplomático. Assumiu, na sequência, a embaixada do Peru na França. Também ocupou cargos no Reino Unido, na Bolívia e no BrasilMais tarde, serviu como embaixador na Suíça, na União Soviética, na Polônia e na Venezuela

Sujeito de fino trato, muito paciente, foi, em 1971, nomeado representante do Peru na Organização das Nações Unidas. Entre 1973 e 1974, acumulou cargo no Conselho de Segurança da entidade. Devido à sua grande força de trabalho, conseguiu o posto de subsecretário para assuntos especiais em fevereiro de 1979. Daí foi apenas um passo para assumir, em dezembro de 1981, o posto de secretário-geral da ONU, sucedendo o austríaco Kurt Valdheim. Ficou no cargo até dezembro de 1991. Depois disso, voltou ao Peru para participar ativamente das da política do país. Candidato a presidente da República em 1995, não obteve sucesso.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados