marcoaurelio in1Marco Aurélio

MARCUS ANIUS CATINIUS SEVERUS nasceu no dia 26 de abril de 121, na cidade de Roma, Itália. Morreu no dia 17 de março de 180, na cidade de Viena.

Membro de uma ilustre família de origem espanhola, foi educado pelo avô (Anius Verus), dentro dos princípios da filosofia estoica, aos quais sua conduta estaria sempre referida. Imposto como filho adotivo do imperador Antonino, casou-se com Faustina — a Jovem, filha deste, ao qual sucedeu no trono em 145, ao lado do seu irmão adotivo Lucius Verus. Após a morte do irmão, em 169, reinou sozinho durante um dos períodos mais difíceis do Império Romano. Sustentou uma longa guerra contra os partos (persas, atuais iranianos), que, finalmente, resultou em vitória e na ocupação romana da Mesopotâmia.

marco-aurelio in2A partir de 166 até o fim do seu reinado, comandou as operações militares para deter o avanço das tribos germânicas do vale do Rio Danúbio, expulsando-as para fora dos limites romanos. Durante essa campanha, foi forçado a leiloar os tesouros imperiais para equipar um novo exército de escravos, fugitivos e gladiadores. Com relação aos cristãos, adotou a política fixada no reinado do imperador Trajano, limitando as perseguições aos que se recusassem a celebrar o culto romano dos ancestrais. Nos últimos dez anos de sua vida, escreveu uma espécie de diário  denominado A Si Mesmo, incluindo doze livros sob o título de Os Pensamentos, nos quais procurara se aperfeiçoar, num contínuo exame de consciência.

Nessa obra, ele se detém sobre problemas de ordem moral e aborda os temas fundamentais do cinismo e do estoicismo. De inspiração cínica, são suas reflexões sobre a vaidade humana, alvo de seu desprezo, e sua exaltação da virtude como bem supremo. Sob a influência do estoicismo, retomou a ideia de humanidade, como uma grande família, evidenciando uma compaixão fraternal pelos homens. No conjunto, seus pensamentos refletem uma profunda angústia frente ao destino do mundo e do indivíduo. Faleceu durante uma expedição contra os marcomanos (tribo germânica), que cercavam Vindobona (atual Viena, na Áustria). As suas cinzas foram levadas para Roma e depositadas no Mausoléu de Adriano. Segundo os historiadores, foi o último grande imperador de Roma, cuja morte coincide com período de declínio do império.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados