Georges Bizet

georges bizet1georges bizet2

ALEXANDRE CÉSAR LEOPOLDO BIZET nasceu no dia 25 de outubro de 1838, na cidade de Paris, França. Morreu no dia 3 de junho de 1875, na cidade de Bougival, Ilha da França. Filho de um professor de canto e de uma pianista, manifestou sua vocação musical desde criança. Aos nove anos, ingressou no Conservatório de Paris. Ainda estudante, compôs muitas peças para piano, uma ópera cômica em um ato e alguns trabalhos orquestrais. Aos 19 anos, venceu o Grande Prêmio de Roma com a opereta “O Doutor Milagre”. Retornando do estágio na capital italiana, dedicou-se com entusiasmo a novas composições, seguindo-se, então, obras como “A Arlesiana” (1872), “Jogos Infantis” (1872) e “Pátria” (1873).

A primeira é uma música de cena para a peça de Alphonse Daudet; a segunda, uma peça para piano a quatro mãos; e a terceira, uma abertura dramática para orquestra. No campo da ópera, distinguiu-se com “A Linda Jovem de Perth” (1867), “Os Pescadores de Pérolas” (1863) e “Carmen” (1875). Esta última é considerada a sua obra prima. Nela, ele faz uso de algumas inovações na música, no libreto e até mesmo na distribuição dos papéis principais. Isso provocou forte reação da crítica conservadora, cujos ataques também se concentraram no intenso realismo do enredo. Essa ópera, porém, iria impor-se na França, após extraordinário êxito em outros países. Compôs também diversas canções de câmara e peças curtas para piano.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados