20200227Paulo III

ALESSANDRO FARNESE nasceu no dia 29 de fevereiro de 1468, na cidade de Canino, Região do Lácio, Itália. Morreu no dia dez de novembro de 1549, na cidade de Roma. Elegeu-se papa no dia treze de outubro de 1534. Durante a vida, tornou-se muito rico devido aos inúmeros benefícios e títulos recebidos do papa Alexandre VI, a quem sua irmã Giulia se achava ligada amorosamente. Tornou-se cardeal em 1493.

Estadista de talento, procurou, num período de intensas lutas religiosas e acentuada desunião, congregar os católicos europeus contra o protestantismo. Também colocou os cristãos em geral contra os turcos. Espírito tipicamente renascentista, confiou ao artista Michelangelo a execução dos afrescos da Capela Sistina e a direção dos trabalhos da Basílica de São Pedro. Também mandou edificar o Palácio Farnese e a Sala Régia do Vaticano.

Não teve sucesso na tentativa de restaurar a unidade cristã. Praticou abertamente o nepotismo. Mutilou os estados da igreja em benefício do filho Pedro Luís, a quem fez duque da cidade de Parma. Na parte positiva, deu forte impulso à Contra-Reforma, em especial com a convocação do Concílio de Trento em 1545 e com a aprovação de instituições religiosas dedicadas às missões. Entre essas instituições, destaca-se a Companhia de Jesus. Restabeleceu a Inquisição para combater a infiltração do protestantismo na Itália.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados